sábado, 26 de março de 2016

Ricardo Maffia : O SUBLIME AMOR HUMANO - A MELANCOLIA DA EXISTENCIA - O DISCIPULADO - Créditos : Arte e Foto NASA




Para mim o grande desafio do ser humano , de todos nós é realmente saber o que se quer da vida.

Não é somente o concluir uma Universidade , formar uma família.

Na realidade concluir uma Universidade e formar uma família já são desafios importantes face a situação do mundo atual. Quem consegue isso já é praticamente um herói.

Penso que constituir uma família é algo extraordinário. Filhos , tornam-se o ideal principal na vida de todos os pais.

Acredito também que quando a pessoa encontra o verdadeiro amor da vida dela , este amor é capaz realmente de fazer milagres , pois a pessoa Renasce , não obstante os problemas que possam existir em sua vida , ela ( a pessoa) Renasce. Encontra forças que pensava que não as tinha. A força do amor transcende a insegurança que pode estar presente em períodos difíceis , as vezes por anos. Esta força impulsionará a pessoa a conquistar o que lhe é de direito na vida e também criar futuros direitos , ou seja , ambicionar saudavelmente condições melhores impulsionada pelo amor que sente por quem ama.

Este amor verdadeiro é tão transcendente aos paradigmas sociais que não obstante possa haver ciúmes , o que é um sentimento normal , porem este ciúmes não superará o sentimento de amor , pois quem ama verdadeiramente deseja o melhor para a pessoa amada , e isto não é um clichê e sim uma realidade. Ciúmes doentio não é amor é algo que é patológico e teve um gatilho para ser desencadeado.

O verdadeiro amor é algo que mesmo não sendo correspondido( a) pela pessoa amada , é uma sublime poesia existencial , embora Platônica , que pode- se sentir com o peito rasgado de angústia mas que ao mesmo tempo eleva. Este amor não próximo , torna-se próximo pelo sentimento que se vivencia e este sentimento é tão Nobre e Sublime que inspira quem o vivencia , mesmo não podendo realizar o sonho daquele amor. Os que passam ou passaram por este estado absolutamente existencial , não podem nutrir a sensação de fracasso e sim de privilégio pois poucos na realidade percebem este ápice da natureza humana.

Quanto aos que concretizaram o sonho de estar com a pessoa amada , verdadeiramente valorizam e tem renovado este sentimento a cada dia , pois é o amor real.

Mas e alem disso ?

Alem disso , é o propósito , o motivo da existência . Poucos realmente descobrem este propósito e não há fórmulas para descobrir este propósito. Pode-se filosofar a respeito mas não há um método para tal.

É o enigma de cada existência individual e se este enigma não é resolvido , corre-se o risco de se ter uma vida ao passar dos anos , com um sentimento de vazio , embora com a sensação do dever cumprido , realmente no fundo , lá no fundo mesmo , há uma Melancolia , a Melancolia da Existência. Todos sentem isso , mesmo não tendo as condições de não se conseguir expressar em palavras , por questões culturais ou outras , não importa.

A Melancolia da Existência é algo que é similar à Distimia – uma forma leve de Depressão mas que persiste a vida inteira.

Muitos já nascem com isso. Tem esta Melancolia da Existência e assim sendo , instala-se uma Distimia que interfere no dia a dia. O tratamento clínico para a Distimia é desejável , pois ajudará e muito , porem alem do tratamento necessário em função de aspectos genéticos e químicos cerebrais ( o que não é demérito para ninguém ) , no fundo a pessoa vem para esta vida com um propósito singular e importante , e ela terá que descobrir , sem delírios.

O verdadeiro amor preenche e muito este aspecto existencial , mas e quando a pessoa amada parte antes ?

Neste ponto , chega-se novamente ao propósito da existência – O Dharma. Este é o Caminho do Discipulado Real.

Somente quando se adentra a este caminho verdadeiramente discipular é que começa-se a notar os vislumbres do significado existencial. Este Caminho não está em lugar algum e ao mesmo tempo em todo lugar. O verdadeiro caminho Discipular não aliena. Não conduz a pessoa a delírios. Em primeiro lugar leva a mesma a confrontar-se com ela mesma. Perceber sua Sombra que é parte dela. Perceber a importância de seus direitos e principalmente deveres nesta vida. Não é uma rota de fuga da realidade e sim um rota de mergulho na realidade , por mais desagradável que seja a mesma.

Isto é apenas o princípio de algo inefável que conduzirá por quem passa por isso a desvendar gradualmente o Mistério de sua Vida. Na medida que percebe realmente este Mistério surge a verdadeira Fé na Eternidade da Vida e com isto a Força para Reinventar sua própria Vida , independente da idade. É algo Eterno.

Não existe técnica para isto.

O verdadeiro e sublime amor pela pessoa amada quer tenha sido correspondido ou não , o verdadeiro amor pelos filhos , quer tenha passado por esta experiência de ter tido filhos ou não , e não os tendo , sentiu-se o sentimento transcendente de um sonho que não se realizou. Este verdadeiro amor já fez o seu papel e elevou quem percebeu e viveu sua sublime influencia. O que faz com que a pessoa cometa atos nocivos não é verdadeiro amor. Todo este sentimento profundo é o passo vital e fundamental para perceber a necessidade de ser co-responsável pelo Progresso e Fraternidade Universal e isto é o Discipulado em seus primeiros e irreais e reais estágios. De alguma forma é o início da descoberta do Mistério da Existencia e todos os que estão nisso já desconfiam séria e saudavelmente da existencia e solução gradual deste enigma. É o início Real do aparentemente Irreal.

É o Desafio do Desconhecido.

É no Desafio que se Revela O MestreGoethe 



Ricardo Maffia